Rio Card e Rock in Rio: uma parceria de…

Sábado, 20 de novembro de 2010 20:45:25.

Compra do Rock in Rio Card realizada com sucesso.

Segunda-feira, 12 de setembro de 2011 +-12:00.

Boleto bancário do Rio Card Rock in Rio pago com sucesso.
– com especificação para retirada do Card na loja.

Rock in Rio 2011

Com medo da greve dos correios, cometi o erro de não pagar o frete para que meu Rio Card Rock in Rio fosse entregue em casa. Ledo engano.

Hoje, Terça-feira, 20 de setembro de 2011 14:30 fui na Rua da Assembléia 10, subsolo, loja C para a retirada do meu Rio Card Rock in Rio.

Me deparo com uma fila gigantesca, caótica. Quando pergunto à uma mulher na fila se aquilo se tratava da retirada do Rio Card Rock in Rio, responde que não e me aponta a porta da loja.

1º erro da organização: Havia um discreto cartaz, colado na porta de vidro, alertando os clientes que a retirada seria na Rua do Carmo 60, enquanto ali seria feita somente venda.

Ao caminhar para chegar no novo endereço, mais uma vez me deparo com caos. De longe já era possível ver que havia um n° irreal de pessoas na fila e que não estavam ali a pouco tempo.

Me aproximo de uma pessoa no final da fila e ao saber sobre o que se trata e constatar que já havia se passado 15 minutos do meu horário de almoço (tenho 60 minutos de intervalo), sabendo que não conseguiria em 35 minutos pegar o Rio Card Rock in Rio, ando até a porta do estabelecimento a fim de tirar duvidas sobre o que fazer/como buscar o Rio Card Rock in Rio.

2º erro da organização: Os funcionários que estavam no local não eram capacitados, treinados, não tinham conhecimento exato do que estava ocorrendo.

Questiono o segurança sobre como proceder a respeito de não poder permanecer na fila. Ele diz que tenho que ficar na fila para ser atendida. Explico meu problema e ele me aponta para um cara com uniforme da Rio Card.

Educadamente pergunto se este poderia esclarecer minhas duvidas. Ele diz que sim. Pergunto como proceder, disse que estava em horário de almoço e só poderia permanecer mais uns 40 minutos ali e, pelo que percebi, não conseguiria pegar meu Rio Card Rock in Rio a tempo. Ele se segura para não rir da minha cara. Engulo em seco. Novamente pergunto como proceder, digo que saio do trabalho as 18h e indago se o local estará aberto para que possa buscar o que comprei.

3º erro da organização: o estabelecimento funciona apenas em dias úteis (2ª a 6ª) das 9h às 17h.

O funcionário me diz que a partir das 16h estarão distribuindo senhas.

Um alvoroço a minha volta. As pessoas, ao ouvirem aquilo, as 10 para as 15h ficam em estado de choque e a reação geral é de raiva.

Repito à ele que estava em meu horário de almoço, que este estava terminando e precisava saber como proceder.

Caos

4º erro da organização: os funcionários do estabelecimento não são educados – pelo contrário – e não sabem se relacionar com os clientes.

Ele diz que posso “mandar meu pai ou minha mãe ficarem na fila pra você com uma procuração já que você é tão ocupada”. Respondo, ainda educada, que meus pais são tão ocupados quanto eu, se não mais e continuo questionando o que eu poderia fazer;

O funcionário, já com cara de saco cheio, me responde abusadamente “contrata então um office boy pra ficar parado por você na fila”. Ao ouvir isso, perco a cabeça e respondo em tom irônico “vocês da Rio Card vão pagar o meu office boy? Eu gostaria de falar com alguém mais informado, mais competente, por favor?” Ele então responde “vou procurar alguém competente então, já que eu sou tão incompetente” e com isso sobe uma escada, me deixando abestada, humilhada, irritada, na frente de uma multidão que estava gritando por não conseguir respostas.

Estava pronta para sair de lá, quando vem à minha mente a ideia de que eu poderia pedir para me enviarem o Rio Card Rock in Rio por correio (apesar do receio quanto a greve). Pedi informação ao segurança, o único que continuou lá para enfrentar segurar a multidão aflita. Novamente ele não sabia me responder e me encaminhou à secretaria logo a frente.

Perguntei à secretária se ela poderia me ajudar e, esta, sem nem olhar disse que apenas por telefone. Irritada, pedi o telefone de lá. Anotei e já fui ligando ao sair do local. Por 15 minutos fiquei ouvindo a gravação da Rio Card, enquanto corria para almoçar pois só sobrara uns 15 minutos do meu tempo de almoço. Desliguei.

Já tentei ligar de novo. Ainda não fui atendida.

As senhas já foram distribuídas há 10 minutos.

Em 1h o estabelecimento fecha.

Só saio do trabalho as 18h.

O show acontecerá no sábado. O meu Rio Card Rock in Rio é para as 11h ou 12h (nem isso consegui confirmar lá!). O estabelecimento funciona apenas em dias úteis, segundo o segurança que não sabia me responder mais nenhuma informação.

Fica a pergunta: E agora?

E agora?

– S.


One Comment on “Rio Card e Rock in Rio: uma parceria de…”

  1. […] apesar da ridicularização com a qual a Rio Card e o Rock in Rio estão fazendo conosco (vide: http://wp.me/p1RzpD-I), DIA 24 (SEXTA) ESTAREI LÁ NA CIDADE DO ROCK PRA VER RED HOT DE […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s